10 empresas brasileiras que faturam menos que o Real Madrid

Se o clube espanhol fosse uma companhia, estaria entre as 500 maiores do Brasil

São Paulo – Nesta semana, o clube de futebol espanhol Real Madrid chamou a atenção da imprensa, ao divulgar uma receita de 514 milhões de euros na temporada 2011/2012. É a primeira vez que o clube ultrapassa a barreira do meio bilhão de faturamento.

Para isso, o Real Madrid aumentou em 7% a receita sobre a temporada anterior. Convertida em reais, a receita do clube seria de aproximadamente 1,357 bilhão de reais – algo que o colocaria entre as 500 maiores empresas da edição especial Melhores e Maiores de EXAME.

Com esse valor, o Real Madrid ocuparia a 352ª posição no ranking da revista, ligeiramente atrás da amazonense Arosuco, que faturou 1,358 bilhão de reais no ano passado. O desempenho colocaria o Real Madrid à frente de várias empresas conhecidas dos brasileiros, como a aérea Trip e a marca de médio e alto padrão do grupo Gafisa.

Veja, na lista, dez companhias famosas que o clube deixaria para trás:

Posição Empresa Setor Vendas líquidas
(R$ milhões)
352 Eurofarma Farmacêutico 1.355
362 Mendes Júnior Construção 1.283
363 Multiplus Serviços 1.281
365 Vigor Bens de consumo 1.270
409 Yoki Bens de consumo 1.110
415 Trip Transporte 1.094
419 Totvs Indústria digital 1.079
431 Gafisa
(segmento médio e alto padrão)
Construção 1.036
434 Aché Farmacêutico 1.016
448 Anhanguera Ed. Serviços 981

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também