Mundo

Zelensky demite dois funcionários do alto escalão da Ucrânia por traição

Subordinados do procurador-geral do cargo e o chefe do Serviço de Segurança da Ucrânia estariam colaborando com a Rússia e foram acusados de traição

Ucrânia: "Hoje tomei a decisão de exonerar de suas funções a procuradora-geral e o encarregado da agência de segurança da Ucrânia" (AFP/AFP)

Ucrânia: "Hoje tomei a decisão de exonerar de suas funções a procuradora-geral e o encarregado da agência de segurança da Ucrânia" (AFP/AFP)

A

AFP

Publicado em 18 de julho de 2022 às 07h16.

Última atualização em 18 de julho de 2022 às 07h17.

O presidente ucraniano, Volodimir Zelensky, destituiu neste domingo, 17, a procuradora-geral, Iryna Venediktova, e o encarregado da agência de segurança do país, Ivan Bakanov, em meio a uma onda de suspeitas de traição de funcionários a serviço da Rússia.

"Hoje tomei a decisão de exonerar de suas funções a procuradora-geral e o encarregado da agência de segurança da Ucrânia", afirmou Zelensky em sua mensagem diária à nação.

Venediktova era encarregada de investigar as atrocidades cometidas contra civis durante a ocupação russa da cidade de Bucha, na periferia de Kiev.

O presidente disse, ainda, que estavam sendo investigados 650 casos suscetíveis de traição e de ajuda e cumplicidade com o inimigo entre os funcionários de segurança ucranianos, dos quais 60 permaneceram em territórios ocupados pela Rússia.

"Um número tal de crimes contra as bases da segurança nacional e as ligações entre os funcionários ucranianos e os serviços especiais russos traz perguntas muito sérias aos responsáveis", disse Zelensky. "Cada uma destas perguntas será respondida", acrescentou.

LEIA TAMBÉM: 

Carros novos na UE terão caixa-preta, limitador de velocidade e bafômetro obrigatórios

Acompanhe tudo sobre:GuerrasRússiaUcrâniaVolodymyr-Zelensky

Mais de Mundo

Com margem estreita, Milei tenta aprovar pacote de reformas no Senado argentino

Às vésperas do G7, EUA anuncia mais sanções contra Rússia pela guerra na Ucrânia

Gorjetas no exterior: dicas para viajar sem estresse

Milei retira Aerolíneas e Correios de lista de privatizações para tentar aprovar Lei de Bases

Mais na Exame