Warner e Shazam se associam em busca de novos talentos

O objetivo do acordo das empresas é utilizador dados coletados pelo Shazam para localizar artistas com grande potencial

	Shazam: o diretor-geral do Shazam explicou que o uso generalizado do aplicativo lhes deu um conhecimento incrível das tendências em matéria musical (Divulgação)
Shazam: o diretor-geral do Shazam explicou que o uso generalizado do aplicativo lhes deu um conhecimento incrível das tendências em matéria musical (Divulgação)
D
Da RedaçãoPublicado em 19/02/2014 às 15:04.

Nova York - A gravadora americana Warner Music anunciou nesta quarta-feira uma associação com o aplicativo para smartphones Shazam com o objetivo de buscar novos artistas e, eventualmente, contratá-los.

O Shazam, que permite identificar uma música a partir de um trecho e comprá-la na internet, afirma que tem 420 milhões de usuários em 200 países.

O objetivo do acordo com a Warner é utilizar os dados coletados pelo aplicativo para localizar artistas com grande potencial que ainda não tenham contratos com uma gravadora.

Eles seriam reunidos em uma marca específica dentro da Warner, que levaria o nome de Shazam.

O diretor-geral do Shazam, Rick Riley, explicou que o uso generalizado do aplicativo lhes deu um conhecimento incrível das tendências em matéria musical, o que lhes permite descobrir os futuros hits.

"Quando um título começa (a tocar) forte no Shazam, é um indicador de que tem o potencial de se tornar um sucesso", comentou Mike Caren, presidente da divisão de busca de novos talentos da Warner, citado no comunicado onde o acordo é anunciado.

A Warner Music tem contratos com Bruno Mars, David Guetta, Muse e Kylie Minogue, entre outros.