Vice-prefeito filipino é morto; o 3º assassinado em menos de uma semana

O ataque elevou a 15 o número de prefeitos e vice-prefeitos mortos desde que o atual presidente do país lançou forte campanha contra as drogas

Manila - Homens armados mataram neste sábado um vice-prefeito nas Filipinas, menos de uma semana depois de dois prefeitos terem sido assassinados a tiros em incidentes separados, inclusive um que, de acordo com o presidente Rodrigo Duterte, pode ter ligação com as drogas, disseram autoridades policiais.

O ataque elevou a 15 o número de prefeitos e vice-prefeitos mortos desde que Duterte lançou sua forte campanha contra as drogas assim que chegou ao poder, em 2016, de acordo com a CNN Filipinas, citando números próprios.

Duterte tem uma lista de autoridades locais que podem estar ligadas ao tráfico de drogas.

A filha de uma das outras vítimas afirmou nesta semana que seu pai não estava envolvido com drogas, e investigadores da polícia disseram que não receberam quaisquer informações sobre a outra vítima ter tais associações.

(Por Enrico dela Cruz)

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.