Vazamento de água radioativa na usina de Fukushima

Segundo a Tepco, 8,5 toneladas de água vazaram do reator, mas problema foi resolvido antes que o material escapasse do prédio

Tóquio - Cerca de 8,5 toneladas de água radioativa vazaram de um reator na danificada usina nuclear do Japão, Fukushima Daiichi, mas não escoaram para fora do prédio do reator, informou a Kyodo News nesta quarta-feira, citando o operador da usina.

A Tokyo Electric Power Co. disse que o vazamento aconteceu no reator No. 4 depois que um cano ligado ao reator se desprendeu, relatou a agência de notícias.

O vazamento foi descoberto na terça-feira à noite e foi interrompido logo depois.

A usina de Fukushima Daiichi foi danificada por fusões nucleares e explosões causadas pelo terremoto e tsunami de março do ano passado.

A radiação se espalhou por uma grande área e chegou aos oceanos, ao ar e a cadeia de alimentos nas semanas e meses depois do desastre.

Milhares de pessoas saíram de suas casas em uma grande área ao redor da usina e uma parte dessa região continua muito poluída, com lentos processos de limpeza em meio a alertas de que algumas cidades podem ficar inabitáveis por três décadas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.