• AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
  • AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
Abra sua conta no BTG

UE diz que AstraZeneca não pode exportar vacinas até que cumpra contratos

A afirmação foi feita pela chefe da Comissão da UE, Ursula von der Leyen, após uma reunião dos líderes do bloco de 27 países
UE: em relação às campanhas de vacinação, Von der Leyen destacou que “claramente estaríamos muito melhor se todas as empresas farmacêuticas cumprissem os contratos” (Reuters/Henry Nicholls/File Photo)
UE: em relação às campanhas de vacinação, Von der Leyen destacou que “claramente estaríamos muito melhor se todas as empresas farmacêuticas cumprissem os contratos” (Reuters/Henry Nicholls/File Photo)
Por AFP, ReutersPublicado em 25/03/2021 21:18 | Última atualização em 25/03/2021 21:46Tempo de Leitura: 2 min de leitura

A AstraZeneca não pode mais exportar vacinas contra covid-19 da Europa até que cumpra seus contratos com a União Europeia, disse nesta quinta-feira a chefe da Comissão da UE, Ursula von der Leyen, após uma reunião dos líderes do bloco de 27 países.

"Precisamos e queremos explicar aos nossos cidadãos europeus que eles estão recebendo o que lhes corresponde", afirmou ela em entrevista coletiva na noite de quinta-feira, acrescentando que as empresas devem honrar seus contratos com a UE antes de exportar para outras regiões. "E este é, obviamente, o caso da AstraZeneca", disse.

"Acredito que está claro para a empresa que, em primeiro lugar, ela tem de honrar o contrato que tem com os Estados-membros europeus, antes que possa se dedicar novamente à exportação de vacinas."

O presidente francês, Emmanuel Macron, disse que apoia um controle mais rígido das exportações de vacinas de empresas farmacêuticas que não cumprem seus compromissos contratuais com a União Europeia.

Em relação às campanhas de vacinação, Von der Leyen destacou que “claramente estaríamos muito melhor se todas as empresas farmacêuticas cumprissem os contratos”.

A UE reforçou drasticamente o mecanismo nesta semana, adotado em janeiro, para controlar as exportações de vacinas anticovid produzidas em território europeu e enviadas para países fora do bloco.

As campanhas de vacinação na UE avançam em ritmo nitidamente lento e a Comissão Europeia quer controlar rigidamente a exportação para garantir o fornecimento de doses aos cidadãos do bloco.

Os dirigentes dos 27 países da UE realizaram nesta quinta-feira uma cúpula por videoconferência na qual debateram possíveis soluções para a situação, num momento em que o continente é atingido por uma terceira onda da pandemia.