Mundo

Turquia intensifica ataques na Síria e no Iraque e confirma a morte de 26 militantes curdos

No nordeste do país, oito civis foram mortos, incluindo duas mulheres

Síria: guerra civil no país do Oriente Médio começou em 2011 (Delil Souleiman/Getty Images)

Síria: guerra civil no país do Oriente Médio começou em 2011 (Delil Souleiman/Getty Images)

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo

Agência de notícias

Publicado em 26 de dezembro de 2023 às 10h19.

A Turquia intensificou ataques aéreos contra grupos curdos na Síria e no norte do Iraque em retaliação pela morte de 12 soldados turcos no Iraque no fim de semana.

O ministério da Defesa da Turquia informou no domingo, 25, em um comunicado que 26 militantes curdos foram mortos durante as ações militares.

No nordeste da Síria, oito civis foram mortos, incluindo duas mulheres, apontou em mensagem no X, ex-Twitter, Farhad Shami, porta-voz das forças democráticas sírias, grupo liderado por curdos.

O Observatório Sírio para Direitos Humanos, uma organização baseada no Reino Unido, destacou que 12 pessoas foram feridas na ação.

Segundo o Observatório, a Turquia realizou 128 ataques aéreos no nordeste da Síria em 2023, que mataram 94 pessoas.

Acompanhe tudo sobre:TurquiaSíriaGuerra na Síria

Mais de Mundo

Queda de aeronave russa na região de Moscou mata os três tripulantes a bordo

Ucrânia insiste em necessidade de poder lançar ataques “sistemáticos” ao território russo

Primeiro-ministro do Nepal perde moção de censura no Parlamento e terá que renunciar

Governo de Israel estenderá serviço militar obrigatório para três anos

Mais na Exame