Trump tem boa notícia em semanas e assume liderança em nova pesquisa

Em Iowa, estado dividido, Trump abre vantagem sobre seu adversário democrata a dois dias das eleições. Sinal de que ainda há jogo?

O presidente americano Donald Trump teve uma boa notícia em semanas. O candidato republicano teve o melhor desempenho em uma pesquisa de intenção de votos na reta final da campanha em muito tempo. No estado de Iowa, Trump aparece liderando a corrida presidencial com sete pontos percentuais acima de Joe Biden

Onde Paulo Guedes, Rodrigo Maia e Donald Trump se encontram? Nas análises da EXAME Research. Assine e entenda como a política mexe com seu bolso

A pesquisa, conduzida pela Selzer & Company em parceria com o jornal "Des Moines Register", apontou que Trump tem 48% das intenções de voto, enquanto o democrata Biden tem 41%. Na pesquisa anterior, Na pesquisa de Iowa em setembro, os candidatos estavam empatados em 47%, cada um. A pesquisa foi realizada com 814 eleitores entre os dias 26 e 29 de outubro. E a margem de erro é 3,4 pontos percentuais.

A pesquisa com 814 prováveis ​​eleitores de Iowa foi conduzida pela Selzer & Co., de Des Moines, de 26 a 29 de outubro. Tem uma margem de erro de mais ou menos 3,4 pontos percentuais.

Pelos dados, Trump reagiu principalmente entre os eleitores independentes, ou seja aqueles que não se dizem nem democratas e nem republicanos. Neste grupo, a intenção de voto é de 49%. Além disso, a pesquisa indica que Trump conseguiu reduzir a vantagem de Joe Biden entre as mulheres, caindo de 20 pontos percentuais em setembro para apenas 9 no último levantamento. 

Segundo o jornal que publicou a pesquisa na íntegra, os eleitores independentes podem ser o trunfo de Trump para conquistar a reeleição. Em setembro, este grupo se mostrava mais adepto a votar em Biden. Ambos candidatos já passarem pelo estado americano. 

Na última sexta-feira, Biden realizou um comício em formato drive-thru afirmou que irá trabalhar duro tanto para os que apoiam o seu governo, como aqueles que não apoia. “ Em meu governo, não haverá estados vermelhos ou azuis , apenas os Estados Unidos da América." Já Trump, esteve em Iowa no início do mês e agendou outro comício neste domingo. 

Apesar da boa notícia para Trump, o estado de Iowa tem um peso pequeno comparado com outros estados, são seis delegados, enquanto na Flórida não 29, por exemplo. Mas nem por isso Iowa não deixa de ser um dos campos de batalhas por votos entre os candidatos.

3 de novembro

As eleições americanas ocorrem no dia 3 de novembro. Mais de 90 milhões de pessoas já votaram antecipadamente nas eleições presidenciais dos Estados Unidos até o último sábado. A expectativa é que sejam computados 150 milhões de votos.  

As pesquisas de intenção de voto indicam vantagem de Biden e um baixo número de eleitores indecisos. De dez institutos de pesquisa monitorados pelo jornal The New York Times, oito apontam vitória de Biden por uma diferença de 2 a 12 pontos percentuais, enquanto um prevê vitória de Trump por cinco pontos e outro, empate.

Os últimos dias da corrida à Casa Branca têm sido tumultuados com discussões acerca do voto pelo correio e da alta possibilidade de judicialização da apuração em alguns estados.

Os últimos dias da corrida à Casa Branca têm sido tumultuados com discussões acerca do voto pelo correio e da alta possibilidade de judicialização da apuração em alguns estados.

Os últimos dias da corrida à Casa Branca têm sido tumultuados com discussões acerca do voto pelo correio e da alta possibilidade de judicialização da apuração em alguns estados.

Ouça, no novo episódio do podcast EXAME Política, todos os detalhes sobre a disputa:

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.