Trump não ameaçou ex-diretor do FBI, diz porta-voz da Casa Branca

O presidente postou uma mensagem no Twitter que dizia que "é melhor para Comey que não existam 'gravações' de conversas"

São Paulo - O porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer, afirmou nesta sexta-feira que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, não ameaçou o ex-diretor do FBI James Comey.

Mais cedo, Trump citou Comey, demitido pelo presidente nesta semana, em mensagem no Twitter.

“É melhor para James Comey que não existam ‘gravações’ de nossas conversações antes que ele comece a vazar [informações] para a imprensa!”, escreveu Trump.

O porta-voz disse que o comentário de Trump “não foi uma ameaça”.

Spicer disse que a Casa Branca não tinha notícia sobre nenhuma gravação no jantar entre Trump e Comey, ocorrido quando este ainda comandava o FBI.

O porta-voz também negou que Trump tivesse pedido que Comey jurasse lealdade a ele, como relatado pela imprensa americana.

"O presidente quer lealdade ao país e ao Estado de Direito", afirmou Spicer.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.