Trump diz que transgêneros não poderão entrar nas Forças Armadas

Em 2016, os EUA haviam anunciado o fim da proibição de recrutamento de transgêneros, ainda no governo de Barack Obama

São Paulo - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, usou o Twitter nesta quarta-feira para afirmar que transgêneros não poderão atuar em nenhuma função nas Forças Armadas dos Estados Unidos. Segundo ele, a decisão foi tomada após consultas com generais e especialistas militares.

Em 2016, os EUA haviam anunciado o fim da proibição de recrutamento de transgêneros, ainda no governo de Barack Obama. Trump, porém, argumentou hoje que isso traria um custo muito grande, já que os militares teriam o direito a usar hospitais do Exército para realizar tratamentos.

"Nossos militares devem se concentrar na vitória decisiva e esmagadora e não podem ter o fardo dos custos médicos enormes e a perturbação que os transgêneros implicariam. Obrigado", afirmou Trump em suas mensagens.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.