Trump adverte Comey para que não faça vazamentos à imprensa

O presidente também atacou seus críticos e a imprensa pelas reações à demissão de Comey

O presidente Donald Trump advertiu nesta sexta-feira ao ex-diretor do FBI James Comey, a quem demitiu inesperadamente na terça-feira, que ele não deve fazer revelações à imprensa.

"James Comey é melhor que não haja 'fitas' de nossas conversas antes que comece a vazar para a imprensa!", escreveu Trump em uma série de tuítes matinais nos quais atacou seus críticos e a imprensa pelas reações à demissão de Comey.

Na véspera, Trump afirmou que sempre teve a intenção de demitir Comey da chefia do FBI, o que contradiz a informação da Casa Branca de que o presidente agiu por recomendação de altos funcionários da Justiça.

"Eu ia despedir sem me importar com as recomendações", afirmou Trump em entrevista ao canal NBC exibida na quinta-feira, depois que a Casa Branca tentou convencer o Congresso e a população de que a medida não teve motivações políticas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.