Mundo

Tribunal turco rejeita recurso para libertar pastor norte-americano

O pastor evangélico que mora na província turca de Esmirna, está sendo julgado na Turquia por acusações de terrorismo

A lira, que perdeu aproximadamente 40% de seu valor neste ano, caiu para 6,21 contra o dólar após a notícia (Demiroren News Agency, DHA/Reuters)

A lira, que perdeu aproximadamente 40% de seu valor neste ano, caiu para 6,21 contra o dólar após a notícia (Demiroren News Agency, DHA/Reuters)

R

Reuters

Publicado em 17 de agosto de 2018 às 10h12.

Ancara - Um tribunal turco rejeitou recurso para libertar o pastor norte-americano cristão Andrew Brunson de prisão domiciliar, relatou a emissora Haberturk nesta sexta-feira.

Brunson, um pastor evangélico que mora na província turca de Esmirna, está sendo julgado na Turquia por acusações de terrorismo. Seu caso está no centro de uma crise diplomática entre a Turquia e os Estados Unidos que tem provocado forte queda na lira turca.

A lira, que perdeu aproximadamente 40 por cento de seu valor neste ano, caiu para 6,21 contra ao dólar após a notícia, antes a 6,04.

Acompanhe tudo sobre:DiplomaciaEstados Unidos (EUA)PrisõesTurquia

Mais de Mundo

Convenção Republicana: da Ilha da Fantasia direto para a Casa Branca

Delta e American Airlines retomam voos após apagão online global

OMS confirma detecção do vírus da poliomielite no sul e no centro de Gaza

Europa está em alerta vermelho por intensa onda de calor com incêndios e invasões de gafanhotos

Mais na Exame