Torre Eiffel ficará fechada por causa de coronavírus

Os cartões-postais da França baixaram as portas depois que o governo proibiu aglomerações de mais de 100 pessoas para deter a propagação do Covid-19

O famoso cabaré Moulin Rouge, o Museu do Louvre e a Torre Eiffel são alguns dos pontos turísticos culturais da França que baixaram as portas nesta sexta-feira depois que o governo proibiu aglomerações de mais de 100 pessoas para deter a propagação do coronavírus.

O cabaré, conhecido por suas dançarinas de cancã, e muitos outros locais de interesse, inclusive cinemas, foram pegos no contrapé pelo pronunciamento feito pelo primeiro-ministro, Édouard Philippe, na hora do almoço em reação ao surto da doença.

O Museu do Louvre, lar da Mona Lisa de Leonardo da Vinci e da escultura da Vênus de Milo e uma das maiores atrações turísticas francesas, disse que fechará as portas a partir das 18h (horário local).

A Torre Eiffel fechará a partir das 21h, e sua administração disse que ela reabrirá assim que as condições sanitárias permitirem.

Mas na tarde desta sexta-feira alguns pontos comerciais ainda não sabiam se receberiam ou não espectadores, entre eles um cinema do centro de Paris que disse que ficará aberto por ora, já que espera menos de 100 pessoas.

Antes do anúncio do premiê, quaisquer aglomerações de menos de mil pessoas estavam permitidas, mas a França está intensificando seu esforço para conter o vírus e fechará escolas a partir de segunda-feira.

O Moulin Rouge confirmou que ficará fechado para o público até segunda ordem. A casa de espetáculos de 130 anos, que atrai dezenas de visitantes, está oferecendo reembolsos ou a opção de remarcar ingressos para outra data, disse uma porta-voz.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também