Viajantes nos EUA não precisarão mais de teste de covid; veja novas regras

O governo dos Estados Unidos suspendeu a necessidade de apresentar um teste negativo de covid-19 antes de entrar no país
Comprovante de vacinação digital: viajantes ainda terão de provar que se vacinaram para entrar nos EUA, mas teste deixa de ser obrigatório (Morsa Images/Getty Images)
Comprovante de vacinação digital: viajantes ainda terão de provar que se vacinaram para entrar nos EUA, mas teste deixa de ser obrigatório (Morsa Images/Getty Images)
D
Da Redação

Publicado em 10/06/2022 às 12:32.

Última atualização em 10/06/2022 às 13:28.

Viajantes internacionais indo para os Estados Unidos não precisarão mais mostrar um teste de covid-19 ao entrar no país. A mudança ocorre após uma decisão do governo norte-americano divulgada nesta sexta-feira, 10, por um alto oficial da Casa Branca.

Conquiste um dos maiores salários no Brasil e alavanque sua carreira com um dos MBAs Executivos da EXAME Academy.

A medida derruba uma das últimas restrições contra a covid-19 que existiam nos EUA. Em abril de 2022, o governo do presidente Joe Biden já havia encerrado a obrigatoriedade do uso de máscaras em aviões e também no transporte público em geral.

O fim da obrigatoriedade dos testes de covid-19 passa a valer a partir deste domingo, 12 de junho (às 00h01).

Viajantes que não forem cidadãos americanos, no entanto, ainda precisam apresentar comprovante de vacinação para entrar nos EUA (veja as regras no fim da página).

VEJA TAMBÉM: Inflação dos EUA tem alta recorde e sobe 1% só em maio

Um oficial da Casa Branca disse em condição de anonimato ao jornal Washington Post que os novos resultados científicos e dados mostram que a apresentação do teste não é mais necessária.

Ainda assim, o Centro de Proteção e Controle de Doenças tem prerrogativa para reavaliar a decisão em até 90 dias e reinstalar a medida.

Setor de turismo comemora medida

A medida do fim dos testes para entrar nos EUA era defendida pelo setor de turismo, que vinham pressionando o governo Biden a mudar as regras.

Em uma carta no mês passado ao governo, representantes da indústria de turismo afirmaram que muitos países ricos (como Reino Unido, Alemanha e Canadá) já haviam extinguido a necessidade dos testes.

VEJA TAMBÉM: Especialistas mostram como pagar mais barato em passagens aéreas. Veja dicas

O setor de turismo também argumentava que, enquanto viajantes de avião eram obrigados a mostrar um teste, o mesmo não valia para quem entrasse no país por terra.

Após a notícia desta sexta-feira, a Associação de Viagens dos EUA celebrou a decisão. "O dia de hoje marca outro grande passo rumo à recuperação das viagens de quem volta ao país [chamadas inbound] e também o retorno das viagens internacionais aos EUA", disse o diretor-executivo da associação, Roger Dow.

Quais são as regras para viagem aos EUA

Viajantes brasileiros ou quaisquer estrangeiros que não tenham nacionalidade americana precisam das seguintes providências para entrar nos EUA:

  • Visto (no caso dos brasileiros);
  • Comprovante de vacinação com as duas doses;
  • São aceitas nos EUA todas as vacinas aprovadas pela Organização Mundial da Saúde, incluindo todas as aplicadas no Brasil (Pfizer, AstraZeneca, Coronavac e Janssen);
  • Devem apresentar comprovante de vacinação todos os estrangeiros que não tenham visto de residência permanente;
  • A partir de domingo, 12 de junho, não será mais necessário apresentar teste negativo de covid-19 feito antes do embarque.

Assine a EXAME e fique por dentro das principais notícias que afetam o seu bolso. Tudo por menos de R$ 0,37/dia.