Suspeitos admitem culpa por ataque ao diretor do Bolshoi

Serguei Filin sofreu queimaduras de terceiro grau no rosto e teve a visão afetada devido ao ataque com ácido

Moscou - Um solista do balé Bolshoi, o suposto idealizador do ataque contra o diretor artístico do teatro de Moscou, admitiu a culpa, assim como o agressor e o motorista, informou a polícia da capital russa.

"A polícia de Moscou prendeu o suposto instigador Pavel Dmitritchenko, o agressor Yuri Zarutski e o motorista que o levou ao local do crime", afirma um comunicado.

"Os três se declararam culpados", completa a nota da polícia.

"A investigação prossegue para esclarecer todas as circunstâncias do crime".

O diretor artístico do balé Bolshoi, Serguei Filin, que assumiu o cargo em 2011, foi agredido com ácido por um desconhecido em 17 de janeiro perto de sua residência em Moscou.

Filin sofreu queimaduras de terceiro grau no rosto e teve a visão afetada.

O ex-bailarino, de 42 anos, foi submetido a várias operações em Moscou e atualmente passa por tratamento na Alemanha.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.