Suécia aprova passagem de gasoduto russo por sua área exclusiva

Via Nord Stream II, que fornecerá gás da Rússia para a Alemanha através do mar Báltico, é alvo de protesto dos EUA e de países europeus

Copenhague - O Governo da Suécia aprovou nesta quinta-feira a permissão para a passagem por sua área econômica exclusiva do gasoduto Nord Stream II, que fornecerá diretamente gás da Rússia para a Alemanha através do mar Báltico, iniciativa à qual se opõem Washington e vários países europeus.

"Como estado litorâneo, a Suécia não pode impedir a colocação dos encanamentos na área econômica exclusiva (...) São águas internacionais e o estudo da solicitação da permissão foi feito de acordo com as leis nacionais e internacionais", afirmou em comunicado o país.

Apesar disso, o Executivo sueco se mostrou crítico ao projeto, ao considerar que seus riscos contradizem os objetivos da união energética da UE e "não cumprem" a sua legislação, afirmou o ministro de Indústria, Mikael Damberg.

O Nord Stream II é um projeto da estatal russa Gazprom e de outras petrolíferas europeias para dobrar a capacidade do gasoduto atual, em funcionamento desde 2012, colocando dois encanamentos paralelos de cerca de 1.200 quilômetros de extensão cada um.

Os Estados Unidos e os países bálticos, entre outros, o consideram um "projeto político" que lastra o mercado comum e a segurança energética da UE.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.