Sobe para 65 o número de mortos por erupção de vulcão na Guatemala

Outras 46 pessoas estão feriadas, e a quantidade de desabrigados aumentou para 1.877, segundo as autoridades locais

Cidade da Guatemala - As autoridades de defesa civil da Guatemala elevaram nesta segunda-feira para 65 o total de mortos pela erupção do Vulcão de Fogo, situado a 50 quilômetros da capital guatemalteca.

O porta-voz da Coordenadoria Nacional para Redução de Desastres, David de León, também disse que se mantém o dado de 46 pessoas feridas, mas que a quantidade de desabrigados aumentou para 1.877, nos diferentes centros situados nos departamentos mais afetados: Sacatepéquez, Escuintla e Chimaltenango.

Esses três departamentos foram declarados em estado de calamidade pelo Congresso, o que permitirá ao governo realizar trabalhos de resgate e recuperação das regiões afetadas.

De León acrescentou que foram evacuados 3.271 moradores das proximidades do vulcão que neste domingo detonou sua cratera, lançando um fluxo piroclastico - areia, cinzas e fumaça com lava - por mais de 1.500 metros.

O porta-voz também detalhou que os afetados pela erupção e as cinzas, que abrangeram mais de 260 quilômetros de seu entorno, somam mais de 1,7 milhão de pessoas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.