Só há uma "solução política" para conflito sírio, diz Papa

Em um vídeo divulgado hoje, o pontífice declarou que "todo mundo deve reconhecer que não existe uma solução militar para a Síria: só uma política"

Cidade do Vaticano - O papa Francisco afirmou nesta terça-feira que para o conflito da Síria, "que já entrou em seu quinto ano", só existe uma "solução política" e denunciou que a vítima é "o povo sírio".

Em um vídeo divulgado hoje, o pontífice declarou que "todo mundo deve reconhecer que não existe uma solução militar para a Síria: só uma política".

"Portanto, a comunidade internacional deve apoiar as conversas de paz para construir um governo de união nacional", declarou Francisco.

"Unamos forças, a todos os níveis, para assegurar que a paz seja possível na amada Síria", disse o papa, que acrescentou que o povo sírio é "obrigado a sobreviver sob as bombas ou buscando vias de evacuação a outros países ou áreas da Síria menos assoladas pela guerra".

"Também penso nas comunidades cristãs, às quais mando todo meu apoio, por causa da discriminação que têm que suportar", afirmou.

O papa se manifestou deste modo em mensagem enviada por ocasião de uma campanha promovida pela organização católica Cáritas Internacional com o lema "Síria, a paz é possível".

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.