Situação na Venezuela: veja imagens dos tumultos no país

Caracas tem manhã de tumultos após tentativa de derrubada de Nicolás Maduro pelo líder oposicionista, Juan Guaidó; veja fotos

São Paulo – A crise na Venezuela se agravou nesta terça-feira, 30 de abril. O líder oposicionista, Juan Guaidó, alegou ter o apoio de um grupo de militares para derrubar o presidente Nicolás Maduro. O governo chavista, por sua vez, fala em tentativa de golpe.

Na capital, Caracas, o clima é de tensão e expectativa, já que ainda não se sabe qual a resposta que o governo de Maduro dará à essa tentativa de derrubada. Tumultos, tiros e bombas de gás lacrimogêneo foram relatadas.

Veja abaixo como está a situação na Venezuela:

[galeria-abril id="3368111" type="slider" showtitle="false" data-restrict="false"]

O que está acontecendo na Venezuela?

A crise política na Venezuela entrou em uma nova e mais grave fase nesta terça-feira. Juan Guaidó, oposicionista que se autodeclarou presidente interino do país, veio à público dizer que havia recebido o apoio dos militares para derrubar Nicolás Maduro do poder. O governo chavista, contudo, nega que esse apoio exista e não dá sinais de que cederá em sua posição.

Tudo sobre a crise na Venezuela

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 1,90

Nos três primeiros meses,
após este período: R$ 15,90

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.