A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Sequestrador de Cleveland é encontrado morto dentro de cela

Ariel Castro foi condenado à prisão perpétua pelo sequestro e estupro de três jovens

Redação internacional - Ariel Castro, condenado à prisão perpétua pelo sequestro e estupro de três jovens de Cleveland (Ohio, EUA) durante uma década, foi encontrado morto em sua cela, informou nesta quarta-feira a rede "CNN".

Os funcionários da prisão de Orient, Ohio, encontraram Castro, de 53 anos, enforcado em sua cela por volta das 21h20 (horário local 22h20 em Brasília) de terça-feira, assinalou a "CNN". Seus esforços para reanimá-lo foram infrutíferos.

Castro, de origem porto-riquenha, foi condenado à prisão perpétua sem direito à liberdade condicional no dia 1º de agosto pela acusação mais grave que enfrentava, o de homicídio agravado, por supostamente bater em uma das mulheres durante o cativeiro até causar-lhe um aborto.

Pelo resto das quase mil acusações, entre elas centenas por estupro, Castro recebeu várias penas consecutivas que somavam mais outros mil anos de prisão.

As três mulheres, Michelle Knight, Amanda Berry e Gina DeJesús, foram sequestradas por Castro nos anos de 2002, 2003 e 2004, e foram libertadas em maio passado.

A "casa dos horrores" onde Ariel Castro manteve as três mulheres detidas foi demolida pelas autoridades como parte do acordo judicial. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também