A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Schulz quer votação sobre divisão de refugiados na Europa

Países como a Hungria, República Tcheca, Eslováquia e Romênia rejeitam abertamente o sistema de cotas para imigrantes

Bruxelas - O presidente do parlamento Europeu, Martin Schulz, irá propor uma votação urgente sobre o instrumento de realocação de refugiados defendida pela Comissão Europeia (CE), que enfrenta resistência para ser aprovada entre os países-membros.

Schulz anunciará a inclusão da votação na reunião plenária que ocorre nesta semana na Eurocâmara, possivelmente na quinta-feira, informaram fontes do gabinete do parlamento Europeu.

Amanhã, os grupos políticos voltarão a realizar um debate sobre a crise de refugiados que levou, inclusive, a Alemanha e a Áustria a fecharem suas fronteiras internas na área de livre circulação da União Europeia (UE), determinada pelos Acordos de Schengen.

A UE enfrenta um momento crítico e põe em jogo sua credibilidade internacional depois de os países do grupo terem sido incapazes ontem de superar as divisões internas e apoiar a repartição de 120 mil refugiados proposto pela CE.

Países como a Hungria, República Tcheca, Eslováquia e Romênia rejeitam abertamente o sistema de cotas para imigrantes e a obrigatoriedade da adoção do mecanismo.

A presidência rotativa da UE, ocupada por Luxemburgo neste semestre, convocou hoje um novo conselho de ministros do Interior dos países da Europa para o próximo dia 22, a fim de conseguir um acordo sobre a crise de refugiados.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também