Mundo

Sarkozy anuncia retorno de olho na Presidência da França

O ex-presidente da França Nicolas Sarkozy irá buscar a liderança do partido de oposição UMP


	Nicolas Sarkozy: ex-presidente é visto como o único capaz de mobilizar o partido de centro-direita
 (Valery Hache/AFP)

Nicolas Sarkozy: ex-presidente é visto como o único capaz de mobilizar o partido de centro-direita (Valery Hache/AFP)

DR

Da Redação

Publicado em 19 de setembro de 2014 às 12h35.

Paris - O ex-presidente da França Nicolas Sarkozy, de 59 anos, anunciou nesta sexta-feira o retorno à política, declarando que irá buscar a liderança do partido de oposição UMP, em uma iniciativa para se posicionar como candidato presidencial em 2017.

O anúncio em sua página no Facebook termina com meses de especulação da mídia local de o que líder conservador iria voltar à disputa, após a derrota para o socialista François Hollande em 2012. "Eu sou um candidato à Presidência da minha família política", disse Sarkozy.

Político polêmico, desprezado pelos eleitores de esquerda, Sarkozy é visto por seus partidários como o único capaz de mobilizar o fragmentado partido de centro-direita UMP e levá-lo à vitória em 2017.

No entanto, qualquer retorno político poderá ser prejudicado por uma série de ações na Justiça que pairam sobre Sarkozy.

Acompanhe tudo sobre:EleiçõesEuropaFrançaNicolas SarkozyPaíses ricosPolíticos

Mais de Mundo

Legisladores democratas aumentam pressão para que Biden desista da reeleição

Entenda como seria o processo para substituir Joe Biden como candidato democrata

Chefe de campanha admite que Biden perdeu apoio, mas que continuará na disputa eleitoral

Biden anuncia que retomará seus eventos de campanha na próxima semana

Mais na Exame