Rússia expulsa diplomata ucraniano em resposta ao país

Em meados de julho, as autoridades ucranianas declararam "persona non grata" o cônsul geral interino da Rússia na cidade de Odessa

Moscou - A Rússia expulsou do país o cônsul da Ucrânia na cidade de São Petersburgo, Igor Fedikevich, em resposta a uma medida similar adotada anteriormente pelas autoridades de Kiev, informou nesta terça-feira uma fonte diplomática russa.

"Confirmamos que a expulsão do diplomata ucraniano é uma medida de resposta", disse a fonte da Chancelaria russa à agência "Interfax".

Em meados de julho, as autoridades ucranianas declararam "persona non grata" o cônsul geral interino da Rússia na cidade de Odessa, Valeri Shibeko.

Nessa ocasião, o anúncio da expulsão de Shibeko foi feito pelo diretor do Serviço de Segurança da Ucrânia, Vasyl Gritsak, que precisou que o funcionário russo realizava atividades apertadas com seu status de diplomata.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.