Rússia corta custos da Copa do Mundo em US$ 79 milhões

País já tinha feito cortes em seu orçamento para o evento, após a queda nos preços das exportações de petróleo

Moscou - A Rússia decidiu cortar seus gastos na Copa do Mundo de 2018 em 6 bilhões de rublos (79 milhões de dólares), em um decreto divulgado em um site do governo nesta quinta-feira.

A Rússia já fez cortes em seu orçamento para o torneio, com a queda nos preços de suas exportações de petróleo e sanções ocidentais impostas a Moscou devido a seu papel na crise ucraniana apertando a economia e as receitas do governo.

Os custos totais da Copa do Mundo de 2018 foram reduzidos agora para 620,9 bilhões de rublos (8,2 bilhões de dólares), ante 626,9 bilhões de rublos, mostrou o decreto publicado nesta quinta-feira.

A Rússia conquistou o direito de receber o torneio em 2010 e desenvolveu o ambicioso plano de reconstruir estádios e hotéis.

De acordo com a agência de notícias Interfax, o decreto original do governo, assinado em 2013, estabeleceu os custos em 664 bilhões de rublos, mas desde então este número foi reduzido diversas vezes.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também