Backstop: Risco legal para Reino Unido não mudou, procurador-geral

A opinião do procurador-geral do Reino Unido, Geoffrey Cox, é visto como fundamental para que May consiga o apoio de membros eurocéticos de seu partido

São Paulo — O procurador-geral do Reino Unido, Geoffrey Cox, disse hoje que o acordo de Brexit revisado com a União Europeia não garante ao Reino Unido meios legais de sair unilateralmente do arranjo para o chamado "backstop irlandês" se surgirem "diferenças irreconciliáveis".

"O risco legal (para o Reino Unido) permanece inalterado", avaliou Cox.

O aconselhamento jurídico de Cox era visto como fundamental para a primeira-ministra britânica, Theresa May, conquistar o apoio de parlamentares eurocéticos de seu Partido Conservador.]

Ontem à noite, May obteve "garantias com valor legal" no acordo de Brexit com a UE, gerando expectativas de que a revisão garantiria a aprovação da proposta em votação a ser realizada no Parlamento britânico nesta terça-feira.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.