Renda de Romney vinda do exterior disparou em 2011

Na declaração de 2011, consta uma renda bruta ajustada --o valor-base para a tributação-- de 13,7 milhões de dólares

Washington – O candidato presidencial norte-americano Mitt Romney e sua mulher, Ann, mais do que duplicaram em 2011 a sua renda oriunda de investimentos no exterior em comparação a 2010, segundo declarações tributárias apresentadas nesta terça-feira por sua campanha.

Na declaração de 2011, consta uma renda bruta ajustada –o valor-base para a tributação– de 13,7 milhões de dólares, sendo 3,5 milhões vindos do exterior, incluindo alguns paraísos fiscais espalhados pelo mundo, como ilhas Cayman e ilhas Virgens Britânicas.

No ano anterior, sua renda total havia sido de 21,6 milhões de dólares, sendo apenas 1,5 milhão de dividendos de investimentos fora dos Estados Unidos.

Embora a obtenção de renda no exterior não seja ilegal, a declaração de imposto do candidato republicano revela uma profunda disparidade em relação aos rendimentos de norte-americanos comuns.

A campanha de Romney não quis comentar as razões que levaram os dividendos do exterior a saltarem de 7 para 25,5 por cento do total da sua renda nos respectivos anos.