Reino Unido dará desconto de 400 libras nas contas de energia das famílias

Auxílio será implementado de forma automática na fatura de luz e gás
Bandeira do Reino Unido hasteada em frente ao Castelo de Windsor em 17 de abril de 2021, antes do funeral do Príncipe Philip, duque de Edimburgo (AFP/AFP)
Bandeira do Reino Unido hasteada em frente ao Castelo de Windsor em 17 de abril de 2021, antes do funeral do Príncipe Philip, duque de Edimburgo (AFP/AFP)
E
Estadão Conteúdo

Publicado em 01/10/2022 às 13:56.

Última atualização em 01/10/2022 às 15:38.

O governo do Reino Unido anunciou que, neste inverno, as famílias irão receber 400 libras de desconto automático nas contas de energia.

"Você não precisa fazer nada para ter acesso a esse auxílio. O seu fornecedor irá descontá-lo automaticamente da sua fatura", diz a conta oficial do governo no Twitter.

A medida, vigente a partir de hoje, visa a garantir que famílias e negócios do país "estejam protegidos de forma similar e que a economia continue avançando", após a alta das contas de energia "devido à guerra de Putin (Vladimir, presidente russo) contra a Ucrânia", disse a primeira-ministra Liz Truss.

Quer saber tudo sobre a política internacional? Assine a EXAME e fique por dentro.

Segundo Truss, o programa de Garantia de Preço de Energia fará com que uma típica família do Reino Unido economize 1,000 libras por ano, neste inverno e no próximo.

"Estamos corrigindo a raiz do problema, garantindo nossa independência energética e garantindo que nunca mais estejamos nessa posição", disse a primeira-ministra em seu perfil nas redes.

A medida tem como objetivo evitar que a inflação se acelere ainda mais e que a economia britânica entre em uma recessão severa e prolongada. O encarecimento da energia se deve à guerra na Ucrânia, aos efeitos da pandemia e ao Brexit.