Reator é paralisado na Suécia por infiltração de água do mar

Segundo inspetor, não há nenhum problema de segurança

Estocolmo - O funcionamento de um reator da maior central nuclear da Suécia foi suspenso esta quinta-feira, depois de uma infiltração de água marinha, informaram o explorador Vattenfall e a autoridade de vigilância de energia nuclear à agência de notícias sueca TT.

O reator 4 da usina de Ringhals, perto de Göteborg (sudoeste), funciona com água pressurizada e capacidade de 950 megawatts.

"Não há nenhum problema de segurança", disse à TT um inspetor da autoridade da energia nuclear, Jan Gallsjo, destacando que a presença de água salgada era, no entanto, uma anomalia que deveria ser resolvida.

A Suécia tem três usinas nucleares que produzem 35% da eletricidade do país.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também