Mundo

Queda de pequeno avião sobre uma casa deixa pelo menos 4 mortos no México

O avião da companhia aérea Aerocalafia causou sérios danos estruturais no imóvel localizado em uma área residencial do norte de Culiacán

Imagem de arquivo da bandeira do México: "Temos a informação de que um pequeno avião caiu. Viemos verificar os trabalhos de resgate", disse o prefeito (Kevin C. Cox/Getty Images/Getty Images)

Imagem de arquivo da bandeira do México: "Temos a informação de que um pequeno avião caiu. Viemos verificar os trabalhos de resgate", disse o prefeito (Kevin C. Cox/Getty Images/Getty Images)

E

EFE

Publicado em 4 de dezembro de 2018 às 07h04.

Culiacán - Quatro pessoas morreram e outras duas ficaram feridas após a queda de um pequeno avião, na segunda-feira, sobre uma casa na cidade de Culiacán, no noroeste estado de Sinaloa (México), de acordo com informações de fontes da prefeitura local.

O pequeno avião, da companhia aérea Aerocalafia, causou sérios danos estruturais no imóvel localizado em uma área residencial do norte de Culiacán, afirmou aos jornalistas, o secretário municipal de Segurança Pública e Trânsito, Oscar Guinto Marmolejo.

"Foi um pequeno avião que caiu e atingiu a casa. Até o momento, são quatro os mortos neste acidente", explicou o secretário, ao confirmar que dois menores de idade também ficaram feridos.

A aeronave pertence à linha Aerocalafia que cobre a rota entre Culiacán e as cidades de Durango e La Paz, Los Cabos, entre outras.

O prefeito de Culiacán, Jesús Estrada Ferreiro, chegou ao local do acidente para coordenar os trabalhos de resgate.

"Temos a informação de que um pequeno avião caiu. Viemos verificar os trabalhos de resgate", explicou o prefeito.

Acompanhe tudo sobre:acidentes-de-aviaoAviõesMéxicoMortes

Mais de Mundo

Apesar de Kamala ter melhor desempenho que Biden, pesquisas mostram vantagem de Trump após ataque

A estratégia dos republicanos para lidar com a saída de Biden

Se eleita, Kamala será primeira mulher a presidir os EUA

Kamala Harris diz que será candidata a presidente e agradece apoio de Biden

Mais na Exame