• AALR3 R$ 20,07 -0.64
  • AAPL34 R$ 68,92 3.20
  • ABCB4 R$ 16,74 0.30
  • ABEV3 R$ 14,10 0.57
  • AERI3 R$ 3,85 5.77
  • AESB3 R$ 10,95 2.34
  • AGRO3 R$ 30,96 0.72
  • ALPA4 R$ 20,80 1.66
  • ALSO3 R$ 19,47 2.42
  • ALUP11 R$ 27,24 1.64
  • AMAR3 R$ 2,48 2.90
  • AMBP3 R$ 31,15 3.66
  • AMER3 R$ 24,11 2.73
  • AMZO34 R$ 66,30 -0.51
  • ANIM3 R$ 5,55 1.83
  • ARZZ3 R$ 79,40 -2.41
  • ASAI3 R$ 16,00 0.25
  • AZUL4 R$ 21,94 3.98
  • B3SA3 R$ 12,15 0.91
  • BBAS3 R$ 38,56 4.22
  • AALR3 R$ 20,07 -0.64
  • AAPL34 R$ 68,92 3.20
  • ABCB4 R$ 16,74 0.30
  • ABEV3 R$ 14,10 0.57
  • AERI3 R$ 3,85 5.77
  • AESB3 R$ 10,95 2.34
  • AGRO3 R$ 30,96 0.72
  • ALPA4 R$ 20,80 1.66
  • ALSO3 R$ 19,47 2.42
  • ALUP11 R$ 27,24 1.64
  • AMAR3 R$ 2,48 2.90
  • AMBP3 R$ 31,15 3.66
  • AMER3 R$ 24,11 2.73
  • AMZO34 R$ 66,30 -0.51
  • ANIM3 R$ 5,55 1.83
  • ARZZ3 R$ 79,40 -2.41
  • ASAI3 R$ 16,00 0.25
  • AZUL4 R$ 21,94 3.98
  • B3SA3 R$ 12,15 0.91
  • BBAS3 R$ 38,56 4.22
Abra sua conta no BTG

Putin elogia oferta da Eslovênia para sediar encontro com Trump

O líder russo afirmou que a Eslovênia é um local "excelente" para uma possível conversa com o republicano
Putin: o presidente russo disse ainda que tal encontro também depende de Washington (Getty Images/foto)
Putin: o presidente russo disse ainda que tal encontro também depende de Washington (Getty Images/foto)
Por Estadão ConteúdoPublicado em 10/02/2017 15:54 | Última atualização em 10/02/2017 15:54Tempo de Leitura: 1 min de leitura

Moscou - O presidente da Rússia, Vladimir Putin, agradeceu a oferta da Eslovênia para sediar o primeiro encontro com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, mas acrescentou que tal encontro também depende de Washington.

O líder russo afirmou que a Eslovênia, país onde nasceu a mulher de Trump, Melania, é um local "excelente" para uma possível conversa com o republicano.

"Não depende apenas de nós, mas estamos naturalmente prontos para o encontro", afirmou, acrescentando que elogia a intenção de Trump para reaproximar os dois países.

"Sempre elogiamos isso e espero que as relações sejam estreitadas em todas as áreas", afirmou. "Na economia, comércio, segurança e na política em relação a várias áreas do mundo que sofrem com conflitos. Ao somarmos esforços, naturalmente poderemos contribuir mais para resolver essas questões, incluindo a luta contra o terrorismo internacional". Fonte: Associated Press.

Veja Também

Starbucks anuncia saída da Rússia após 15 anos
Mundo
Há 11 horas • 3 min de leitura

Starbucks anuncia saída da Rússia após 15 anos