Putin diz que fim do mundo ocorrerá em 4,5 bilhões de anos

Segundo o presidente russo, esse é o tempo que o sol levará para apagar

Moscou – O presidente russo, Vladimir Putin, afirmou nesta sexta-feira que o fim do mundo irá ocorrer em 4,5 bilhões de anos, e não no dia 21 de dezembro, porque “é o funcionamento de nosso sol”.

No entanto, disse que não tem medo do momento no qual “o reator se apagará e tudo terá terminado”. “Por que ter medo se é inevitável?”, declarou o presidente russo.

A América Central e o México celebram no dia 21 de dezembro o fim de uma grande era no calendário maia (que os cientistas situam por volta de 23 de dezembro), um acontecimento que alguns associam com o fim do mundo.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.