Promotoria pede investigação contra ministra francesa da Economia

O órgão quer investigar Christine Lagarde por "abuso de autoridade"

Paris - A Promotoria Geral francesa pediu nesta terça-feira à Corte de Justiça da República que abra uma investigação contra a ministra da Economia, Christine Lagarde, sobre um escândalo que envolveu o empresário Bernard Tapie.

O promotor Jean-Louis Nadal pediu à Corte da República que abra uma investigação contra Lagarde por "abuso de autoridade".

A ministra é um dos pilares do governo do presidente Nicolas Sarkozy e está estreitamente associada à gestão do euro.

Os deputados da oposição socialista já haviam apresentado em abril uma demanda à Corte de Justiça da República contra Lagarde, por ter atribuído a um tribunal arbitral e não à justiça comum a decisão final sobre o litígio entre Tapie e o antigo banco estatal Crédit Lyonnais pela venda do grupo Adidas em 1993-1994.

Em 2008, o tribunal arbitral decidiu conceder a Tapie 285 milhões de euros de indenização, o que provocou uma grande polêmica política.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.