Presidente italiano está aberto a eleição em 24 de fevereiro

Declaração do presidente indicou que data é a mais provável para a realização do pleito

Roma – O presidente italiano indicou nesta quarta-feira que o país pode realizar uma eleição geral em 24 de fevereiro.

Um comunicado do palácio presidencial disse que o presidente Giorgio Napolitano havia “tomado conhecimento” da opinião da ministra do Interior, Anna Maria Cancellieri, de que 24 de fevereiro seria o melhor dia para ir às urnas.

Uma disputa entre os partidos políticos italianos em caóticas manobras pré-eleições fez com que a data prevista fosse mudada várias vezes entre abril e fevereiro. A declaração de Napolitano foi o mais claro indicativo até o momento de que 24 de fevereiro é a data mais provável.

Suporte a Exame, por favor desabilite seu Adblock.