Premiê diz que usina nuclear seguirá tendo papel-chave no Japão

Naoto Kan não descartou o uso de energia nuclear, embora aposte também em fontes renováveis

Tóquio - O primeiro-ministro japonês, Naoto Kan, disse nesta terça-feira que a energia nuclear vai continuar a desempenhar um papel significativo nas polítiticas energéticas do país, embora a energia renovável também seja um pilar-chave dessa política.

O governo está revisando sua política energética de longo prazo e o papel da energia nuclear após os devastadores terremoto e tsunami de 11 de março desativarem o sistema de refrigeração de uma usina nuclear em Fukushima, no nordeste do Japão, provocando uma batalha ainda em andamento para conter vazamentos radioativos.

Kan disse em entrevista coletiva que o Japão precisa revisar sua política energética básica sem qualquer ideia pré-concebida, ao mesmo tempo que busca garantir o uso mais seguro da energia nuclear e persegue fontes renováveis, como eólica, solar e biomassa.

"A atual política energética básica visa que mais de 50 por cento do fornecimento total de eletricidade venham da energia nuclear, enquanto cerca de 20 por cento virão de fontes renováveis em 2030. Mas agora esse plano básico precisa ser revisado do zero após esse grande incidente", disse Kan.

O premiê afirmou que a energia nuclear e a fóssil têm sido componentes fundamentais da política energética do Japão, mas que agora o país tem de colocar mais ênfase na energia solar e outras fontes renováveis, setor em que o Japão está atrasado globalmente.

Conservar energia também será vital para essa política energética de longo prazo.

Kan disse que o Japão precisará conduzir uma investigação sobre o incidente nuclear e aumentar a segurança em suas usinas nucleares.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.