Portugal derruba uso de máscara nas ruas após vacinar 80% da população

O avanço da vacinação foi o principal argumento para rever a medida

Desde ontem, os portugueses não são mais obrigados a usar máscara nas ruas, no momento em que avança a vacinação contra a covid. O uso obrigatório foi instituído em outubro do ano passado. O avanço da vacinação foi o principal argumento para rever a medida. Autoridades, porém, recomendam o uso em caso de aglomerações.

O país tem cerca de 80% da população com a vacinação completa e mais de 85% vacinados com pelo menos uma dose. Portugal, com 10 milhões de habitantes, somou pouco mais de 1 milhão de casos positivos e 17.866 mortes por covid-19 desde o início da pandemia.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também