Mundo

Porto chinês de Tianjin inaugura nova rota para América do Sul

Nova rota acelerará o comércio entre a região norte da China e os países e regiões da América do Sul

Vista do porto de Tianjin, na China, à noite (Getty Images/Getty Images)

Vista do porto de Tianjin, na China, à noite (Getty Images/Getty Images)

China2Brazil
China2Brazil

Agência

Publicado em 4 de janeiro de 2024 às 16h37.

A nova rota Tianjin-América do Sul da parte oeste recém-inaugurada contará com 10 navios cargueiros de contêineres de 3500 a 4500 TEUs em operação semanal, proporcionando uma rota marítima mais rápida para produtos sazonais característicos da América do Sul, como camarão-branco-do-pacífico, carne bovina congelada, frutas tropicais, vinho tinto, grãos, bem como para a exportação da China de produtos químicos, vidro, aço laminado, bicicletas e veículos automotores.

Acelerando o comércio China-América do Sul

Isso acelerará o comércio entre a região norte da China e os países e regiões da América do Sul, facilitando o desenvolvimento conveniente da Iniciativa do “Cinturão e Rota” no mar e contribuindo para a construção de uma nova passagem logística internacional para empresas do interior da China, como a Great Wall Motors.

Para garantir a segurança e eficiência da primeira viagem desta nova rota, o Grupo Portuário de Tianjin coordenou com as autoridades portuárias, a Alfândega de Tianjin, a Administração Marítima de Tianjin, a Alfândega Geral de Tianjin e outras unidades portuárias. Eles comunicaram ativamente com a empresa de navegação, otimizaram o desembaraço aduaneiro, desenvolveram planos de operação científicos de acordo com as características do navio inaugural e a realidade da produção, fortaleceram a coordenação de recursos, como guias, rebocadores e despacho, comprimindo o tempo de operação auxiliar do navio, aprofundando os serviços de rota e garantindo de maneira abrangente a qualidade dos serviços da nova rota.

Fonte: chinanews.com

Acompanhe tudo sobre:PortosChinaAmérica do SulExportações

Mais de Mundo

Trump diz que 'ama Elon Musk' em 1º comício após atentado; assista aqui

Israel bombardeia cidade do Iêmen após ataque de rebeldes huthis a Tel Aviv

Campanha de Biden ignora críticas e afirma que ele voltará à estrada em breve

Jovens da Venezuela se preparam para sua primeira eleição

Mais na Exame