Petróleo: EUA anuncia venda de mais 20 milhões de barris de reserva estratégica

Medida integra um acordo já informado anteriormente pelo presidente Joe Biden
Petróleo: governo autorizou a liberação de reservas estratégicas, informa a Casa Branca (PATRICK T. FALLON/Getty Images)
Petróleo: governo autorizou a liberação de reservas estratégicas, informa a Casa Branca (PATRICK T. FALLON/Getty Images)
E
Estadão Conteúdo

Publicado em 26/07/2022 às 17:01.

Última atualização em 26/07/2022 às 17:25.

Os Estados Unidos irão vender mais 20 milhões de barris de sua reserva estratégica de petróleo, anunciou a Casa Branca nesta terça-feira, 26. A medida integra um acordo já informado anteriormente pelo presidente Joe Biden.

Mais de 125 milhões de barris de petróleo foram vendidos pelo Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês) desde que o governo autorizou a liberação de reservas estratégicas, informa a Casa Branca. De acordo com estimativa do Tesouro americano, a liberação das reservas, junto a ações coordenadas com parceiros internacionais, reduziram o preço da gasolina em cerca de US$ 0,40 por barril, em comparação a um cenário sem a oferta ao mercado de tal volume.

Esta é a quinta rodada de vendas autorizada por Biden, que visa "reforçar o fornecimento de petróleo bruto em resposta à guerra de Putin na Ucrânia". Um milhão de barris por dia deve ser inserido no mercado por meio das reservas estratégicas. A administração diz esperar continuar entregando barris por mais vários meses.

Veja também: 

Milho sobe com seca na Europa e piora das condições nos EUA

Viagem de Nancy Pelosi a Taiwan deve alimentar tensões entre EUA e China