Pesquisas indicam vitória de opositor nas eleições indianas

Partido de Narendra Modi alcançou uma clara vantagem nas eleições da Índia, segundo pesquisas

Nova Deli - O partido opositor hinduísta Bharatiya Janata Party (BJP), representado pelo candidato Narendra Modi, alcançou uma clara vantagem nas eleições na Índia, segundo as pesquisas e projeções de voto divulgadas após o fim da votação.

Segundo as pesquisas apresentadas pela "India Today", "India TV", "Aaj Tak", "ABP Nielsen" e "Mega Exit", a Aliança Nacional Democrática (NDA), liderada pelo BJP, poderia alcançar entre 249 e 289 cadeiras das 543 existentes no Parlamento, com a maioria situada em 272 assentos.

A Aliança Progressista Unida (UPA), liderada pelo governista Partido do Congresso, teria obtido entre 90 e 148 cadeiras, valor que poderia representar a perda do poder em um pleito que contou com a participação recorde de 66,38% das 814 milhões eleitores convocados às urnas.

A apuração, no entanto, só deverá ser encerrada na sexta-feira, quando a Comissão Eleitoral espera anunciar o resultado das dez jornadas de votação em que estiveram divididas as maiores eleições da história, iniciadas no último dia 7 de abril e encerradas hoje.

Nesta última jornada eleitoral, 41 cadeiras estavam em jogo nos estados de Uttar Pradesh - a região que conta com mais assentos no parlamento nacional -, Bihar e Bengala Ocidental, de acordo com a Comissão Eleitoral.

Segundo a imprensa local, as enquetes devem ser analisadas com precaução, tendo em vista que as projeções de voto divulgadas em 2004 se mostraram totalmente errôneas.

Em 2009, apesar de terem sido mais coesas, também indicavam uma "vitória" do Congresso da dinastia Nehru-Gandhi sobre o BJP muito mais apertada do que realmente foi.

"Levando em conta essa tradição, não comentaremos as enquetes. A última vez - em 2009 - nos deram 68 cadeiras a menos do que as que finalmente alcançamos", afirmou hoje um porta-voz do Congresso, Shakil Ahmad, segundo o canal local "NDTV".

O Partido do Congresso chegou muito desgastado às eleições gerais devido aos casos de corrupção, a desaceleração da economia e a da alta inflação.

No outro extremo, Modi é conhecido por sua fama como bom governador no estado de Gujarat, um dos mais prósperos do país, embora tenha recebido muitas criticas devido ao seu suposto envolvimento no massacre de mil de muçulmanos dessa região em 2002.

No entanto, para fugir das acusações, Modi foi absolvido em diversas investigações judiciais sobre o massacre.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.