A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Parlamento grego aprova medidas de austeridade

Aprovação era condição necessária para que a Grécia receba ajuda financeira da União Europeia

São Paulo – O parlamento grego aprovou, nesta quarta-feira (29), um novo pacote de medidas de austeridade. A votação foi encerrada com 155 votos a favor, de um total de 300 parlamentares.

A aprovação das medidas era condição imposta pela União Europeia e pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) para conceder à Grécia uma nova ajuda financeira, de 110 bilhões de euros. O auxílio deve socorrer o país e evitar um calote na dívida pública.

Na última semana, o premiê grego George Papandreou, que vinha trabalhando duro para conseguir maioria no parlamento, chegou a afirmar que não havia um plano B caso não houvesse aprovação.

O pacote de austeridade anunciado é extremamente impopular no país, porque envolve severos cortes de gastos públicos - algo em torno de 30 bilhões de euros - e aumento dos impostos. Em reação às medidas, os gregos organizaram violentos protestos nos últimos dias. Os trabalhadores estão em greve geral há 48 horas.

Segundo a rede britânica de notícias BBC, uma nova votação deve ser realizada nesta quinta-feira (30), agora para definir como as medidas serão implantadas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também