Parlamento do Egito se reunirá em janeiro depois de 3 anos

O Egito teve a segunda fase das eleições parlamentares em novembro, mas críticos disseram que a houve repressão a muçulmanos e grupos de oposição

CAIRO - O presidente do Egito, Abdel Fattah al-Sisi, convocou o novo parlamento para uma sessão em 10 de janeiro, disse uma emissora de televisão estatal nesta quinta-feira, mais de três anos depois da dissolução da antiga câmara dominada pelos islamitas.

O Egito teve a segunda fase das eleições parlamentares em novembro, mas críticos disseram que a votação foi prejudicada por uma repressão aos muçulmanos e outros grupos de oposição.

O novo parlamento, que será dominado por uma aliança leal a Sisi, tem 568 membros eleitos mais 28 indicados pelo próprio presidente.

O último parlamento do Egito foi eleito em 2011/12, nas primeiras eleições livres do país, depois de uma revolta popular que encerrou a presidência de 30 anos do autocrata Hosni Mubarak.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também