Mundo
Acompanhe:

ONU estende missão de verificação de paz na Colômbia por mais um ano

A missão de verificação das Nações Unidas está encarregada de supervisionar o cumprimento dos compromissos políticos, econômicos e sociais do acordo de paz assinado em 2016

ONU: Armas e munições das Farc entregues ao governo colombiano em 2017 (AFP/AFP Photo)

ONU: Armas e munições das Farc entregues ao governo colombiano em 2017 (AFP/AFP Photo)

A
AFP

27 de outubro de 2022, 16h05

O Conselho de Segurança da ONU decidiu por unanimidade, nesta quinta-feira (27), estender a missão de verificar o cumprimento do acordo de paz na Colômbia por mais um ano, até o final de outubro de 2023.

A missão de verificação das Nações Unidas está encarregada de supervisionar o cumprimento dos compromissos políticos, econômicos e sociais do acordo de paz assinado em 2016 entre o governo colombiano e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia-Exército do Povo (FARC-EP) para a integração de ex-guerrilheiros à vida civil.

Promovida pelo Reino Unido e pelo México, a resolução aprovada hoje aprova a missão até 31 de outubro de 2023. Também contém alguns novos recursos em relação à resolução do ano passado.

Quer receber os fatos mais relevantes do Brasil e do mundo direto no seu e-mail toda manhã? Clique aqui e cadastre-se na newsletter gratuita EXAME Desperta.

Entre eles, solicita ao secretário-geral da ONU, António Guterres, que, no prazo de 45 dias a partir da aprovação da resolução, apresente recomendações ao Conselho de Segurança sobre a possível prorrogação do mandato da missão, em resposta ao pedido feita pela Colômbia há dez dias.

As recomendações devem descrever como a tarefa adicional será realizada e destacar quaisquer implicações potenciais para a configuração da missão.

O texto expressa a intenção do Conselho de considerar rapidamente essas recomendações, embora não especifique datas.

LEIA TAMBÉM: