OMS diz estar perto de acordo com Pfizer para garantir vacina a países pobres

O esquema Covax – liderado pela OMS e pela aliança de vacinas Gavi - deve começar a distribuir vacinas para países pobres e de renda média em fevereiro

A Organização Mundial da Saúde está em negociações avançadas com a Pfizer para incluir a vacina contra covid-19 da empresa no sistema de compartilhamento da entidade, o que aceleraria as entregas de vacinas para países mais pobres, disse uma autoridade de alto escalão da OMS nesta segunda-feira.

O esquema Covax – liderado pela OMS e pela aliança de vacinas Gavi - deve começar a distribuir vacinas para países pobres e de renda média em fevereiro, com 2 de 3 bilhões de doses previstas para serem entregues este ano.

"Estamos em ... discussões detalhadas com a Pfizer. Acreditamos que muito em breve teremos acesso a esse produto", disse o conselheiro sênior da OMS Bruce Aylward em reunião do conselho executivo da OMS, acrescentando que, depois disso, buscaria adicionar outros.

O programa Covax pretende entregar 135 milhões de doses de todas as vacinas que tem acordos para 92 países de renda baixa e média até o final de março, disse ele.

Até agora, mais da metade das 50 milhões de vacinas administradas globalmente em 50 países foi nos Estados Unidos e na China, de acordo com Aylward. Nenhuma foi aplicada na África, afirmou.

A OMS já tem acordos com vários fornecedores, incluindo AstraZeneca e o Instituto Serum, da Índia.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 9,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.