OMS alerta para alta nos casos globais de covid-19 pela 4ª semana seguida

De acordo com o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom, praticamente todas as regiões do mundo reportam avanço mais acelerado do vírus

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom, informou que esta semana será a quarta seguida a registrar aumento nas infecções pelo novo coronavírus em todo o mundo, seguindo um período de seis semanas consecutivas de queda nos casos. De acordo com ele, praticamente todas as regiões do mundo reportam avanço mais acelerado do vírus.

As mortes por covid-19, por outro lado, continuam em queda, mas a ritmo menor, disse Tedros.

O diretor-geral da OMS ainda alertou para "sérias barreiras" que persistem na produção e distribuição de vacinas pela Covax, iniciativa da entidade multilateral em conjunto com a Aliança Gavi, da Fundação Bill e Melinda Gates, que tem por objetivo a distribuição igualitária de imunizantes para a covid-19 ao redor do mundo.

Tedros também reforçou a avaliação do comitê de especialistas da OMS que avaliou casos recentes de formação de coágulos sanguíneos em pacientes que receberam a vacina da AstraZeneca na Europa. O diretor-geral disse que o produto é seguro, e que os benefícios de sua utilização superam os potenciais riscos.

OMS espera divulgar relatório sobre coronavírus na China na próxima semana

Representantes da Organização Mundial da Saúde (OMS) revelaram que o plano da entidade é divulgar os relatório sobre a investigação a respeito das origens do coronavírus na China na próxima semana. Em entrevista coletiva em Genebra, na Suíça, os responsáveis pela pesquisa explicaram que o processo é demorado e pode haver atrasos, porque é preciso realizar revisões e traduzir para outras línguas.

Questionado sobre dúvidas a respeito das vacinas contra o coronavírus desenvolvidas no país asiático, o diretor de regulação e pré-qualificação da Organização Mundial da Saúde (OMS), Rogerio Gaspar, afirmou que foram feitas inspeções nos lugares de fabricação. Segundo ele, os imunizantes estão em fase de avaliação para possível recomendação para uso emergencial.

Sobre o produto da AstraZeneca, Gaspar argumentou que o processo de revisão do profilático após relatos de coágulos sanguíneos seguiu um processo normal. Um comitê da OMS endossou a vacina hoje e disse que seus benefícios superam os riscos.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.