Mundo
Acompanhe:

Obama pedirá ao Congresso novos cortes

Presidente dos EUA enviará aos parlamentares um projeto chamado "Lei de Redução de Despesas Desnecessárias 2010"

O presidente dos EUA, Barack Obama, em discurso: projeto tem como objetivo reduzir o déficit fiscal do país, que atualmente é de US$ 1,4 trilhão (.)

O presidente dos EUA, Barack Obama, em discurso: projeto tem como objetivo reduzir o déficit fiscal do país, que atualmente é de US$ 1,4 trilhão (.)

D
Da Redação

24 de maio de 2010, 11h50

Washington - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, pedirá hoje ao Congresso novos cortes no gasto público para reduzir o déficit fiscal do país, situado atualmente em US$ 1,4 trilhão.

Segundo informaram hoje altos funcionários, Obama enviará ao Congresso um projeto chamado "Lei de Redução de Despesas Desnecessárias 2010" que permitiria fazer uma série de cortes e gastos públicos já aprovados.

Em particular, os cortes têm como objetivo eliminar as emendas orçamentárias feitas por legisladores para financiar projetos em seus distritos.

O projeto obrigaria o Congresso a votar o pacote como um tudo, sem fazer emendas.

Até o momento, Obama pediu o congelamento do gasto público discricionário e não relacionado à segurança por três anos, para economizar US$ 250 bilhões em dez anos.

No último ano fiscal, o déficit fiscal ficou em US$ 1,41 trilhão, enquanto neste ano poderia alcançar os US$ 1,55 trilhão.