Obama critica a própria gestão econômica

O presidente americano e candidato à reeleição classificou sua gestão da economia como "insuficiente"

Charlotte - O presidente Barack Obama admitiu que o balanço de sua gestão econômica é insuficiente, o que ocasionou críticas de seus adversários republicanos nesta terça-feira, dia em que tem início a Convenção Democrata que o indicará formalmente para disputar as eleições de novembro.

Obama concedeu no domingo uma entrevista ao canal local de televisão KKTV, do Colorado (oeste), que a difundiu na noite de segunda-feira.

Indagado sobre a classificação que daria para sua gestão da economia, Obama respondeu: "Eu diria que é insuficiente".

O presidente acrescentou, no entanto: "As medidas que tomamos para salvar o setor automotivo, para conseguir que o ensino superior seja mais acessível, para investir em energia limpa (...) São coisas que precisaremos para o crescimento em longo prazo".

A campanha de Mitt Romney aproveitou a oportunidade para tecer mais críticas.

"Depois de quatro anos de presidência, é insuficiente? O presidente ainda pede paciência às pessoas?", afirmou o companheiro de chapa de Romney, Paul Ryan, falando à CBS.

"Não foram criados postos de trabalho ao ritmo que se deveria", afirmou ainda, em sintonia com os comentários dos republicanos sobre o desempenho de Obama na economia do país.

O desemprego afeta atualmente 8,3% da população ativa nos Estados Unidos, contra 5% antes da recessão de 2007-2009, e a Casa Branca não prevê que esta taxa - a nuvem negra no balanço de mandato de Obama- caia abaixo dos 8% antes das eleições.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também