Obama apresentará orçamento apertado para reduzir déficit

O presidente dos Estados Unidos procura reduzir o déficit em US$ 1,1 trilhão nos próximos dez anos

Washington - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, apresentará nesta segunda-feira um orçamento apertado para o ano fiscal 2012 que procura reduzir o déficit em US$ 1,1 trilhão nos próximos dez anos.

O diretor do Escritório de Gestão e Orçamento (OMB) da Casa Branca, Jack Lew, explicou no domingo que se trata de um "orçamento muito difícil" para o Governo.

Obama já antecipou no sábado em seu tradicional discurso radiofônico que os cortes orçamentários que proporá para o ano fiscal 2012 ajudarão o Governo a "viver dentro de seus meios" enquanto "se mantém o investimento no futuro".

Segundo o Escritório de Orçamentos do Congresso (CBO), o déficit fiscal dos EUA alcançará no ano fiscal 2011 o número recorde de US$ 1,5 trilhão ou 9,8% do PIB.

Seu orçamento inclui o congelamento durante cinco anos das despesas não obrigatórias que propôs em seu discurso sobre o Estado da União, o que reduzirá o déficit em mais de US$ 400 bilhões na próxima década.

Mas haverá mais cortes em uma ampla categoria de verbas de agências e programas.

A austeridade também afetará o orçamento do Pentágono, ao reduzir suas despesas em US$ 78 bilhões nos próximos cinco anos, a proposta do secretário de Defesa, Robert Gates.

Está previsto que o orçamento abra uma dura batalha com alguns republicanos que antepõem o corte do déficit a qualquer outra prioridade.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.