Nova Zelândia anuncia confinamento após 1º caso de covid em seis meses

Até o momento, a Nova Zelândia registrou apenas 26 mortes por covid em uma população de 5 milhões de habitantes
Nova Zelândia: país deve permanecer em confinamento durante três dias a partir de terça-feira à noite (AFP/Marty MELVILLE)
Nova Zelândia: país deve permanecer em confinamento durante três dias a partir de terça-feira à noite (AFP/Marty MELVILLE)
Por AFPPublicado em 17/08/2021 07:28 | Última atualização em 17/08/2021 07:28Tempo de Leitura: 2 min de leitura

A primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, decretou nesta terça-feira (17) um confinamento de três dias para o conjunto do país após a detecção de um caso de origem local de contaminação por coronavírus.

Ardern afirmou que a Nova Zelândia, que não registrava nenhuma contaminação entre a população em seis meses, não pode correr risco com a variante delta, muito mais contagiosa, o "que muda a situação".

"Observamos o que pode acontecer em outros lugares caso não consigamos controlar a situação. Só temos uma oportunidade", declarou Ardern.

A Nova Zelândia deve permanecer em confinamento durante três dias a partir de terça-feira à noite. Auckland e a região vizinha de Coromandel respeitarão a medida por uma semana.

O arquipélago neozelandês foi elogiado por sua gestão eficaz da pandemia de covid-19, que até o momento provocou apenas 26 mortos em uma população de 5 milhões de habitantes.

O país não decretava um confinamento nacional há mais de um ano e a vida retomou o ritmo quase normal. Mas a campanha de vacinação permitiu imunizar apenas 20% da população por completo até o momento.

  • Entenda como o avanço da vacinação afeta seus investimentos. Assine a EXAME.