Nos EUA, já é possível agendar vacinação pelo Uber

Ao agendar a vacinação por meio do aplicativo, a partir de quarta-feira, os clientes podem também programar o transporte de ida e volta para a farmácia

A Uber Technologies permitirá que os clientes agendem uma data para ser vacinados contra a covid-19 por meio do aplicativo nas farmácias da Walgreens nos Estados Unidos, um programa que reflete a importância da imunização para o mercado de aplicativos de transporte.

Ao agendar a vacinação por meio do aplicativo a partir de quarta-feira, os clientes podem também programar o transporte de ida e volta para a farmácia. O aplicativo também pode ser usado para outro agendamento em farmácias da Walgreens no caso de vacinas que exigem duas doses.

A iniciativa amplia um acordo existente entre o maior aplicativo de transporte do país e a segunda maior rede de farmácias. Uber e Walgreens Boots Alliance começaram a oferecer viagens gratuitas e com desconto para as clínicas de vacinas da Walgreens, com o objetivo de imunizar trabalhadores essenciais e acelerar a distribuição. A Uber introduziu um programa semelhante para alguns motoristas em Porto Rico no mês passado.

A pandemia encolheu a demanda no mercado de aplicativos de transporte no último ano. Nas últimas semanas, esses números começaram a mostrar recuperação com a vacinação mais rápida e retomada das atividades. Mais de 1 bilhão de doses foram administradas globalmente, sendo mais de 230 milhões nos Estados Unidos, segundo o rastreador de vacinas da Bloomberg.

A Lyft, número 2 em aplicativo de transporte nos Estados Unidos, disse no ano passado que forneceria 60 milhões de viagens de ida e volta para locais de vacinação em comunidades de baixa renda, sem seguro e sob maior risco por meio de um acordo com a Anthem, JPMorgan Chase e United Way. Depois disso, a Lyft fechou uma parceria com a CVS Health e o YMCA para alcançar mais pessoas.

A Uber não quis comentar quando lançaria iniciativas para facilitar a vacinação fora dos Estados Unidos. Sundeep Jain, diretor de produtos, reconheceu que Índia, Brasil e outros países onde a Uber opera enfrentam surtos graves. “Estamos trabalhando de forma agressiva e ativa em parcerias fora do Estados Unidos”, disse Jain.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.