Nos Estados Unidos, tornado em Kentucky deixa pelo menos 70 mortos

Fenômeno natural aconteceu na noite desta sexta-feira e na manhã de sábado. Número de mortos pode chegar a 100, segundo governador
Pelo menos cinco estados foram atingidos pelos ventos (Wikimedia Commons/Divulgação)
Pelo menos cinco estados foram atingidos pelos ventos (Wikimedia Commons/Divulgação)
Por Da RedaçãoReuters

Publicado em 11/12/2021 às 09:10.

Última atualização em 11/12/2021 às 14:13.

Setenta mortes foram causadas por tornados que devastaram alguns estados nos EUA na noite de sexta-feira e na manhã deste sábado. O governador do Kentucky, Andy Beshear, afirmou que, até o momento, o número de mortos ainda está sendo investigado e, segundo informações divulgadas em uma coletiva de imprensa, pode chegar a 100 pessoas. No início desta manhã, o governador havia confirmado 50 mortes.

Pelo menos cinco estados foram atingidos pelos ventos, segundo o NYT: Arkansas, Illinois, Kentucky, Missouri e Tennessee. O fenômeno natural foi atribuído às mudanças climáticas que causaram outras mudanças recentes, como nevascas em partes do meio-oeste e no oeste dos Grandes Lagos. Ao todo, os ventos atingiram um percurso de mais de 320 quilômetros.

“Esse pode ser um dos piores tornados dos últimos tempos. Potencialmente o mais severo na história do nosso estado”, afirmou o governador. Até o momento, 56,8 mil pessoas estão sem energia elétrica por causa do fenômeno natural. E, segundo o NYT, mais de 132 mil casas estão sem luz no Tennessse, mais de 25 mil em Arkansas, aproximdamente 24 mil em Illinois e aproximadamente 10 mil no Missouri.

Entre as cidades devastadas, uma das que mais sofreu foi Mayfield. Por lá, o tornado passando por cima de uma fábrica de velas enquanto os trabalhadores se escondiam lá dentro. O governador acredita que dezenas de pessoas morreram no local.

Além dessa fábrica, um depósito da Amazon em Illinois ficou destelhado – com “fatalidades confirmadas”, segundo as autoridades – além de três mortes no Tennessse e pelo menos uma em uma casa de repouso no Arkansas. De acordo com informações do NYT, pelo menos três pessoas morreram no Tennessee, local em que os ventos superaram a velocidade de 80 milhas por hora. 

Também foi reportado o descarrilamento de um trem de carga, ainda sem feridos oficialmente declarados.

Na manhã deste sábado, autoridades e comunidade local no meio-oeste e sul dos Estados Unidos começaram a avaliar os danos do fenômeno natural. Como resultado dos danos até o momento, o governador do Kentucky declarou estado de emergência.