A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Nobel de jornalista russo não é 'escudo', diz Putin

Dimitri Muratov, que lidera as equipes do jornal Novaya Gazeta, recebeu na semana passada o prêmio Nobel da Paz

O presidente russo Vladimir Putin alertou, nesta quarta-feira (13), que o prêmio Nobel da Paz concedido a Dimitri Muratov, editor-chefe de um jornal crítico ao governo, não é um "escudo" com o qual pode se proteger de seu status de "agente do exterior".

Muratov, que lidera as equipes do jornal Novaya Gazeta, recebeu na semana passada o prêmio Nobel da Paz junto com a jornalista filipina Maria Ressa, em um contexto de crescente repressão dos veículos independentes da mídia na Rússia.

Entre os instrumentos desta repressão está a atribuição do status de "agente do exterior", dado a vários jornalistas e jornais críticos ao Kremlin. Essa designação complica enormemente seu trabalho.

Se Muratov "não infringir o direito russo, se não der motivos que justifiquem que seja declarado agente do exterior, então isso não acontecerá", afirmou Putin nesta quarta-feira durante um fórum sobre energia, em Moscou.

O chefe de Estado russo pediu que Muratov não "use o prêmio Nobel como um escudo" para violar a legislação russa e "chamar a atenção".

"Seja qual for seu mérito, todo o mundo deve entender isso: é preciso respeitar as leis russas", insistiu.

As ONGs denunciam com frequência as pressões exercidas contra os jornais na Rússia, um país que ocupa a 150º posição de 180 no último índice da liberdade de imprensa publicado por Repórteres Sem Fronteiras (RSF).

Novaya Gazeta é um dos últimos redutos independentes do panorama midiático russo.

O jornal é famoso principalmente pelas investigações que realizou sobre a corrupção e as violações dos direitos humanos na Chechênia.

O compromisso do Novaya Gazeta custou a vida de seis de seus colaboradores desde os anos 1990, incluindo a famosa jornalista Anna Politkovskaya, assassinada em 2006.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também